Social:

Top 10 Albuns 2014

TOP 10 MELHORES ÁLBUNS DE APOP DE 2014

Demorou, eu escutei todos os álbuns novamente para escolher quem estaria nessa lista. A lista é baseada na minha visão pessoal, eu analiso a harmonia do álbum (ignorando se os clipes foram bons ou ruins), a melodia, o vocal. Não sou nenhuma profissional da música, mas acho que todos podemos sentir quando um som toca em harmonia e quando o álbum está bem produzido.

Os artistas se resumem apenas aos artistas que escuto, que já são vários :v E eu gostaria muito de saber o que se destacou para vocês nesse ano que passou!


 #10 - Nami Tamaki - NT GUNDAM COVER
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Quando Nami Tamaki anunciou que estaria retornando das cinzas e, ainda melhor, que seria com um álbum de covers das músicas de Gundam, eu já tive ataque de fangirl (de Gundam haha). Gostei muito da tracklist mas fiquei bastante apreensiva pois ela havia escolhido músicas realmente difíceis de serem interpretadas.

Para minha surpresa, ficou realmente muito bom! Sua versão de Meguriai ficou bastante potente e ela deu arranjos completamente novos para a música. E assim seguiu o álbum todo. É claro que MIO é MIO, e não tem como comparar, mas a versão de MEN OF DESTINY ficou bastante agradável. E a música que eu estava mais ansiosa para ver o resultado era JUST COMMUNICATION, do duo TWO-MIX, gostei bastante também.

O álbum em si é bastante animado e traz realmente as melhores canções da série, além de uma nova versão para Believe (de Gundam SEED, originalmente dela). Por essa razão o álbum leva o #10 lugar na lista!

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------













#9 Every Little Thing - FUN-FARE
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Every Little Thing não lançava álbum de originais desde 2011, apenas lançava um single ou outro. O novo álbum segue o estilo que encontramos nos álbuns do grupo. É um álbum bastante alegre e agradável! Uma gracinha. Kaori Mochida mais uma vez nos presenteia com sua doce voz. O que acho interessante nela é que, apesar da voz diferente e até, muitas vezes anasalada, nunca foi um problema, sempre consegui colocar para tocar e as pessoas não reclamarem.

O álbum já começa com BFF, que é bastante animada e segue assim, ON AND ON também é muito fofa. START é quase que uma balada, porém seguindo a alegria do álbum. Os instrumentais de todas as músicas estão muito bons. Foi um ótimo retorno do grupo!

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------













#8 Ayaka Hirahara - Winter Songbook
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Depois de lançar dois bests no ano passado, achei que não teria nenhum material novo dessa belíssima cantora. Dona de uma linda voz, que mistura jazz, jpop, ópera entre outros estilos, Ayaka Hirahara trouxe em dezembro o álbum Winter Songbook, novo álbum de covers que conta com canções clássicas e pop.

A primeira música, Auld Lang Syne 〜 蛍の光 é uma música folk baseada em um poema escrito em 1788, a versão de Ayaka, em japonês, ficou maravilhosa! E o álbum segue com várias melodias maravilhosas, sou um pouco suspeita para falar, já que gosto muito de música clássica e folk e adoro a voz da Ayaka! Ela também surpreendeu fazendo cover de HAPPY, do cantor Pharell Williams, eu gostaria que tivesse sido em japonês, mas em inglês ficou muito bom! O álbum termina com uma nova versão de Love Never Dies de Andrew Lloyd Webber que ficou tão boa quanto as que ela fez anteriormente.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------










#7 - 2NE1 - CRUSH
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Esse é o único coreano na lista. Se fosse ano passado os coreanos estariam bastante presentes, pois os lançamentos foram realmente muito bons, já esse ano, não sei se devido ao que aconteceu no país e na indústria fonográfica, parece que afetou os lançamentos em algum nível.

Mas vamos falar de Crush e seu irmão, Crush -Japanese Version-. Sem dúvidas o álbum mais maduro da carreira do grupo. Elas usaram melodias diferentes, só não curto o solo da CL, é confuso. Achei também a versão japonesa melhor, pois contém os singles coreanos que não lançados no álbum, e é seria um desperdício I Love You e Missing You não terem um lançamento físico. Principalmente por I Love You, que é uma das melhores músicas lançadas por elas. Come Back Home é o ponto principal do álbum, uma música forte e com uma mensagem bonita, e, por isso, elas pega, a #7 colocação.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------













#6 - Ai Otsuka - LOVE FANTASTIC
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Depois de dar a luz a uma menina, Ai Otsuka decidiu dar uma pausa em sua carreira. Desde 2009 sem lançar álbuns solos mas lançando alguns poucos singles, a cantora retornou em 2014 com o álbum LOVE FANTASTIC.

LOVE FANTASTIC é traz as músicas de seus singles lançados durante o hiatos e mais inéditas. A primeira faixa já é ótima, bem fofa e com elementos do pop, o estilo característico de Ai está de volta. O álbum tem muitos elementos pop e eletrônico e um pitada de rockish. Ele está inteiro bom, fora que I ♥ ××× está presente! É uma das músicas mais gracinhas que ela já lançou!

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------













#5 - alan - Mò Lán
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
A tibetana alan não lançava álbum há 2 anos, agora mudou de gravadora e está lançando vários singles digitais. O novo álbum Mò Lán traz de volta as origens da cantora, é possível ver muito da música tradicional misturada com elementos do pop. Há músicas orquestradas, os arranjos estão muito bem produzidos e a voz de alan maravilhosa no álbum todo!

A introdução do álbum já começa poderosa. Particularmente gosto muito quando o artista se preocupa em colocar o ouvinte dentro do tema do álbum com uma abertura instrumental. O CD está apaixonante e seria, no mínimo, difícil de definir a melhor faixa. Mas uma que me chamou muita atenção é Ài Wèi Zǒu Yuǎn (Love Has Not Gone Far) que tem orquestra <3 É tema de um jogo, que desconheço... mas se alguém se interessar!

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------










#4 - Miliyah Kato - LOVELAND + M.U.S.E
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Miliyah sem dúvidas se preparou muito bem para seu décimo aniversário! LOVELAND e M.U.S.E foram lançados no ano passado e ela foi capaz de caprichar nos dois. Kato tem voz forte, é inconfundível, sua aparência também, é mestiça e sua aparência é be diferente das demais japonesas.

Os álbuns são bastante variados, com uma maior presença do pop, r&b/hip-hop e eletrônico. O LOVELAND já começa com Lonely Hearts, que é música forte, começa parecendo balada, mas vai crescendo e abrindo muito bem o álbum. Como destaque para as mais animadas temos UNIQUE, que é uma canção diferente, que fui tomando gosto enquanto escutava. EMOTION é outra música bastante animada, com elementos eletrônicos, bastante agradável e divertida! Todas as faixas são boas, há muitas dançantes também, mas darei atenção a essas.

O M.U.S.E já começa com a canção homônima, que traz fortemente o eletrônico e é uma faixa divertida. Porém, para mim o ponto mais alto do álbum foi o cover da canção Automatic da cantora Utada Hikaru, que casou perfeitamente com a voz de Miliyah. As demais músicas são também ótimas e animadas. Também nesse álbum encontramos a colaboração com Mika Nakashima "Fighter" que foi o tema da Copa no ano passado. Recomendo os dois álbuns, eles foram realmente muito bem trabalhados e espero que gostem também.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

#3 - Angela Zhang - Angela Zhang
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Angela Zhang voltou após dois anos com um álbum homônimo. A primeira grande novidade é qe finalmente descobri como se romanizava corretamente seu sobrenome, pois alguns colocavam "Chang" e outros "Zhang".

O álbum é bastante consistente, com um bom número de faixas dançantes e de baladas. As baladas de Angela são bastantes agradáveis e belas. Como exemplo de faixa dançante, temos OK Bèng (OK Bandage), que é eletrônica, dançante e bastante animada, e a letra é uma gracinha. Falando em letras, Angela colocou legenda em inglês em todos os vídeos desse novo álbum, o que achei muito carinhoso com os fãs ocidentais! De balada, Wèi Ài Ér Huó (When You Live For Love) é linda e muito bem produzida. Recomendo bastante este álbum, ela voltou em grande estilo!

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

#2 Kana Nishino - with LOVE
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Escutei Kana Nishino pela primeira vez nesse ano, não conhecia absolutamente nada dela e com algumas músicas do início de sua carreira, torci o nariz. No entanto com esse álbum Kana realmente se superou. 

Muito bem produzido, com músicas para abrir e encerrar o álbum. Ele é bastante variado. Minhas favoritas são Darling e Sayonara, a primeira é fofa, muito fofa! Uma gracinha mesmo. Já a segunda é uma balada muito bonita e bem feita. O álbum traz uma variedade de ritmos, e você pode encontrar até músicas com estilo mais "bad girl" como Tough Girl e Abracadabra. E temos músicas alegres e dançantes com um toque eletro-pop como "We Don't Stop". O álbum está bem consistente e vale a pena ser ouvido!
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Menção honrosa


Jolin Tsai - Pei

Quando uns amigos disseram que este álbum estava melhor que o "MUSE", eu não acreditei. Quando escutei, percebi que estava incrível mesmo. Não o coloquei na lista pois não tive tempo para realmente escutar bem e analisar, porém a "primeira escutada" ele é realmente apaixonante. Tenho certeza que quem gosta de músicas dançantes, é um prato cheio! Play é uma das melhores e a colaboração com a cantora Namie Amuro ficou incrível! Altamente recomendável.
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

#1 - A-Mei - FACES OF PARANOIA - ONLY THE PARANOID SURVIVE
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Depois de três anos longe do mercado fonográfico, A-Mei decide finalmente dar as caras. E seu novo álbum, "Faces of Paranoia", marca uma nova fase na carreira da cantora.

Eu gostei desse álbum desde a primeira vez que escutei, ele foi realmente marcante. O álbum começa com baladas marcantes, muito bem produzidas, e emocionantes. O clima vai aumentando até que chega em Faces of Paranoia, música tema do álbum. Começando de maneira tímida, mas vai adquirindo força e termina com um rap. Para mim é a melhor do álbum. Depois começam as faixas dançantes, com destaque para Booty Call, bastante animada e perfeita para uma balada. Depois das faixas dançantes o álbum se encerra em um ritmo mais lento com Heading Utopia.

Para mim esse foi o melhor álbum do ano, foi o que mais escutei e também o que mais comentei. A-Mei nos mostra toda a sua potência vocal nesse lançamento. Para quem tiver curiosidade de conhecer, as letras (escritas pela própria A-Mei) são ótimas e falam sobre o tema do álbum a paranoia, em diferentes níveis do ser. É uma obra completa, e por isso recomento tanto!
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Este foi meu top 10! E qual seria o de vocês? Por favor comentem, gostaria muito de saber o que acharam da postagem!

#YelDolly